Óleo de coco

oleo-2Bcoco


O ácido láurico, uma gordura saudável (ácido graxo) de cadeia média, é um componente que está presente em mais de 50% do óleo de coco. E é interessante que essa mesma gordura (Rara nos alimentos em geral) está muito mais presente no leite materno do que no leite de vaca, sugerindo que os humanos têm uma maior necessidade dela do que os animais.

Pois bem, é esse o componente que demonstrou “matar” as células de câncer de colon em um estudo recente de cientistas australianos.

Além desse efeito anti-câncer do óleo de coco, algumas outras qualidades desse ingrediente têm sido demonstradas pelos cientistas recentemente:

– antibacteriano, age como um antibiótico natural contra vários virus, bactérias e parasitas que causam doenças.
– auxilia na digestão e no metabolismo do fígado
– Reduz inflama ções
– Promove cicatrização mais rápida e uma pele saudável quando aplicado topicamente.

Pode ainda:
– aumentar os níveis do colesterol bom (o HDL) em mulheres, auxiliando na perda de peso e de gordura abdominal

– auxiliar no controle da diabetes.

E o melhor disso tudo:
é um óleo com o chamado “Ponto de fumaça” alto (cerca de 170 – 200 graus Celsius), ou seja, pode ser usado tranquilamente nas suas receitas, principalmente nos seus bolos e para fazer aquele refogadinho saudável. 

O ponto de fumaça é aquela temperatura onde o óleo começa a degradar, oxidando e formando compostos tóxicos prejudiciais à saúde. Então… quanto mais alto o ponto de fumaça, melhor para usar com temperatura.

Abraços da Chef Thais Tezza

Deixe seu comentário